Neverland não não também não

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Um Espaço para Peter Pan



 
 
  Wendy era só uma menina que contava histórias fantásticas quando Peter Pan veio buscá-la. E agora, mesmo depois de mais de quinze anos, ela continuava sendo a mesma menina que contava histórias fantásticas. Mas Peter não voltou para buscá-la novamente.
  Mesmo depois de sua grande luta com Gancho e de sua volta para casa, ele voltou para apanhá-la na primavera seguinte para fazer a limpeza de sua casinha e para se divertirem um pouco. Ele sempre prometia voltar no ano seguinte. Mas no terceiro ano, ele esqueceu. Voltou no quarto. E então, no quinto e sextos anos, também esqueceu-se. E quanto mais o tempo passava mais ele se esquecia de Wendy, e mais triste a menina ficava.
  Os ano passaram e a vida da menina-moça teve de mudar. Prometeu nunca crescer e cumpriu sua promessa. Mas apenas em sua mente, porque seu corpo cresceu e seu coração também. Desta forma, ela pôde organizar mais suas emoções para que coubesse mais gente no seu coração, para que amasse mais. Em seu coração cabia sua mamãe e papai, seus irmãos, seu novo marido, sua filhinha, e até mesmo os meninos perdidos. Seu coração era tão grande que poderia caber o mundo todo. Mas Wendy tinha certeza que sempre teria um local especial para o menino que não tinha coração por esquecê-la, mas que tinha por fazê-la ter os melhores dias de sua vida. Ela sempre guardaria um lugar para o menino que não crescia. Sempre teria em seu coração espaço para Peter Pan.


0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Quem sou eu

Minha foto
Universitária, leitora ávida, autora nos tempos vagos, amante das artes.
Tecnologia do Blogger.