Neverland não não também não

domingo, 3 de junho de 2018

Como Fazer uma Boa Sinopse para sua História



 Se você é escritor - seja amador ou profissional -, a essa altura sabe da importância de fazer uma boa sinopse para atrair leitores, despertar interesse e mesmo se manter fiel ao próprio plot. Quantos textos, fábrica e livros deixamos de ler por uma sinopse mal feita? (Netflix que o diga) Portanto, nessa postagem vamos discutir algumas técnicas para escrever uma boa sinopse para a sua história.

1. Jogue com palavras e imagens chave


  Pegue papel e caneta e comece um brainstorm sobre os principais temas da sua narrativa. Depois que tiver pelo menos dez palavras, selecione três como as principais para o andamento do enredo. Então, faça um vision board - seja de papel ou no We Heart It -, com imagens que te remetam instantaneamente à sua história e também às palavras que você selecionou. Agora você tem palavras que devem estar incluídas na sua sinopse e imagens que te inspiraram o suficiente para inserir o clima do seu trabalho nesse pequeno texto. Com relação ao "clima", nos aprofundaremos mais no próximo item.
  Por exemplo, se fossemos resumir o primeiro livro do Harry Potter, poderíamos selecionar as palavras chave: bruxaria, escola, amizade, crianças, aventura, magia, fantasia, etc. E selecionaríamos aventura, magia e amizade. E com relação às imagens, não precisamos escolher os personagens exclusivamente, mas ambientes, detalhes, e tantas outras coisas que remetam à narrativa.


2. Compreenda o clima da sua História


 O que eu chamo de "clima" da história também pode ser chamado de "aesthetic", no entanto, considero algo além disso. Enquanto aesthetic é um conjunto de padrões que são agradáveis aos olhos, o clima envolve muitas sensações e nele reside muitas vezes o apego do leitor à história.
  Um exemplo de elementos que me remetem ao primeiro livro de HP são o período de transição entre outono e inverno, tons terrosos, trios de crianças na faixa dos onze anos, lugares amadeirados, entre outros. Esse tipo de associação gera uma saudade, nostalgia, que dá vontade de relê-lo imediatamente. Se um post sobre como desenvolver esse tipo de técnica para a sua história lhe interessa, não deixe de deixar um comentário.
 Muito mais que resumir, a sinopse deve dar uma amostra grátis das sensações que o leitor terá durante a história. Isso está inerente também ao gênero da sua história, então se está lidando com comédia, use de sarcasmo cômico ou mesmo de uma piada - boa, por favor - na sinopse. É importante também evidenciar o diferencial da sua história, dar um gostinho do que há de único na sua narrativa. Portanto, trabalhe com as palavras de forma a transmitir isto e envolver o potencial leitor desde já. Deixe-o curioso, interessado e envolvido.


3. Reflita sobre o público alvo


  O ideal é que se pense sobre o público alvo antes mesmo de começar a escrever a sua história, uma vez que isso deve estar aparente no seu conjunto textual como um todo. Você não precisa abraçar o mundo com as pernas, sendo muito mais interessante ter uma conexão real com um nicho específico. Não importa se futuramente você desejar trocar de nicho, o que importa é o que você tem em mãos agora. Na sua sinopse, é exatamente com o seu público que você deve falar.
 Se A Pedra Filosofal não tivesse captado bem o público infantil e pré-adolescente, dificilmente teriam todos esses jovens crescido juntamente com Harry Potter nos outros livros, compreende?

4. Escreva mais de uma sinopse


  É possível apresentar uma história de mil maneiras possíveis, portanto, sinta-se a vontade para fazer quantas desejar. Fazer uma sinopse não é nenhum bicho de sete cabeças a partir do momento que a história está bem enraizada. Portanto, se aproprie dessas dicas e escreva várias. Depois, dê um tempo a si mesmo e consulte suas sinopses a partir dos critérios apresentados e escolha a mais interessante. Ou mesmo, envie para pessoas que conhecem e que não conhecem a história - de preferência incluídas no seu público alvo - e descubra qual é a favorita dos seus potenciais leitores.


  Bem, espero que esse post extra tenha ajudado vocês de alguma forma e se ficou alguma dúvida, não deixe de comentar.



0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Quem sou eu

Minha foto
Universitária, leitora ávida, autora nos tempos vagos, amante das artes.
Tecnologia do Blogger.