Neverland não não também não

terça-feira, 25 de outubro de 2016

12 de janeiro de 2016.


Um lápis e uma folha de papel.
Mais uma tentativa.
Sinto os dias como sobreposições.
Esforço-me para ver a vida em tons de rosa,
Mas tudo se intensifica e se torna vermelho.
Sou o chão riscado por onde pisa.
As notas do piano são gentis,
Mas as cordas do violino me envolvem como um laço suicida.
Visto luto.

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Quem sou eu

Minha foto
Universitária, leitora ávida, autora nos tempos vagos, amante das artes.
Tecnologia do Blogger.